Medicamento genéricos e similares: entenda as principais diferenças

Tempo de leitura: 4 minutos

Hoje em dia há uma infinidade de remédios disponíveis na indústria farmacêutica e isso acaba gerando muita dúvida entre os usuários. Para alguns, a maior delas é na hora de comprar o medicamento prescrito pelo médico, a diferença entre medicamentos genéricos e similares e se há medicamentos alternativos mais naturais do que os tradicionais. 

Afinal, o que são medicamento genéricos e similares? Há alguma diferença entre eles? Quais são os prós e os contras de cada um?

Para obter respostas a essas perguntas e descobrir alternativas mais saudáveis para o seu tratamento, continue lendo este post.

Medicamento Referência

Primeiramente, é preciso ficar claro que antes de existirem os medicamentos genéricos e similares, foram criados no mercado os medicamentos chamados referência, também conhecidos como “de marca”. Esses foram descobertos por meio de testes laboratoriais e registrados no órgão federal responsável pela vigilância sanitária, a Anvisa. 

Entenda o que são Medicamentos Similares

São praticamente idênticos aos medicamentos “de marca” no que se refere a termos de posologia, administração e indicação terapêutica, e também passa pelos mesmos testes laboratoriais.

A Anvisa só permite algumas diferenças superficiais entre eles, como a embalagem, prazo de validade e tamanho. A diferença mais evidente é apenas o nome comercial da medicação.

O que são os Genéricos?

Não usam os nomes de marcas e são comercializados com o nome do princípio ativo, que é o mesmo dos remédios similares e os de referência. Eles são identificados por uma tarja amarela na embalagem, com uma letra G.

Eles também são aprovados pela Anvisa, mas como são produzidos após a expiração das patentes farmacêuticas, possuem valor abaixo dos de referência e até mesmo dos similares.

O que diz a Anvisa?

“Os medicamentos genéricos e similares podem ser considerados “cópias” do medicamento de referência. Para o registro de ambos os medicamentos, genérico e similar, há obrigatoriedade de apresentação dos estudos de biodisponibilidade relativa e equivalência farmacêutica”, informa o portal da Anvisa.

Prós x Contras

Os medicamentos genéricos e similares têm os mesmos princípio ativo, indicação, dose e forma farmacêutica dos originais. No caso do genérico, possuem a mesma eficácia, qualidade e segurança; e o preço costuma ser bem inferior aos “de marca”.

Os custos dos testes e das pesquisas necessários para validar o medicamento referência costumam ser embutidos no preço, por isso o preço do genérico é menor.

Os medicamentos similares, apesar de apresentarem o mesmo princípio ativo, a mesma posologia e concentração do de referência são os que têm menor reputação, pois, até 2003, a Anvisa não exigia pesquisas para comprovar se eram cópias fiéis do original. Ambos utilizados de forma crônica podem prejudicar fígado, rins e estômago, com o passar do tempo.

Medicamentos Alternativos

Embora sejam legalizados, esses medicamentos industrializados podem trazer dependência, já que apresentam altas concentrações de substâncias químicas.

Uma alternativa mais saudável para o tratamento de doenças são os chamados medicamentos homeopáticos e fitoterápicos.

  • Homeopáticos: são medicamentos com substâncias em doses menores que provocam o mesmo efeito que a doença, fazendo o próprio organismo do paciente combatê-la. 
  • Fitoterápicos: são obtidos de partes de plantas (raízes, cascas, folhas, sementes, sucos), ou plantas inteiras.

Antes de usar qualquer tipo de medicamento, não deixe de consultar um profissional de saúde. Mesmo os homeopáticos e fitoterápicos podem causar reações inesperadas, por isso é importante que você não pratique a automedicação.

Viu como agora ficou muito mais fácil decidir qual tipo de medicamento usar? Agora que você já sabe as diferenças entre medicamentos genéricos e similares, não se esqueça de solicitá-los ao seu médico quando esse for lhe fazer alguma receita. Ficou com alguma dúvida? Quer mais alguma informação sobre o tema? Deixe suas questões em nossos comentários, assim poderemos ajudar! 

Sobre Blog Farmácia Benetton

Desenvolvido especialmente para atender dúvidas e dar dicas quanto à linha de medicamentos do setor magistral, produtos cosméticos, fitoterápicos, homeopatia, suplementos, nutracêuticos e muito mais!
Com o objetivo de transformar problemas em soluções, por meio de um relacionamento adequado, e provendo a satisfação que extrapola a função meramente comercial de venda de medicamentos para a nobre função de prestar um serviço de excelência nasce com alegria o blog Farmácia Benetton.

1 Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *