Tire suas dúvidas! Mitos e verdades sobre o ômega 3

Tempo de leitura: 3 minutos

Muito se fala sobre os benefícios do ômega 3, um ácido graxo presente em alguns tipos de peixes — especialmente os de água fria, como bacalhau, cavala, truta, salmão e outros. Porém, ainda existem diversas dúvidas sobre o assunto e isso leva as pessoas a consumirem-no de forma errada, deixando de aproveitar as vantagens que ele oferece.

Por isso, elaboramos este post com alguns mitos e verdades sobre o ômega 3. Assim, você aprende como introduzi-lo em sua dieta para uma vida mais saudável

Ficou interessado? Então continue esta leitura!

1. Ômega 3 engorda

Mito. É pouco provável que esse nutriente provoque aumento de peso, já que cada grama de ômega 3 equivale a apenas nove calorias. No entanto, cuide para não consumi-lo em excesso, pois mesmo sendo considerado uma gordura boa, grandes quantidades podem gerar aumento de peso.

Por isso, o mais indicado é que você siga a recomendação de nutricionista, que saberá orientá-lo corretamente sobre as proporções. 

2. Protege contra a perda de memória

Verdade. Como o cérebro é constituído de 60% de gordura, sendo sua maior parte de ômega 3, o nutriente é muito importante para as funções cerebrais. Logo, uma alimentação pobre em ômega 3 está relacionada à perda de memória — principalmente nos mais idosos —, e presença de sentimentos de tristeza e angústia. 

Além disso, o ômega 3 possui um tipo de gordura chamado DHA, que está presente nas membranas celulares do cérebro e na retina, favorecendo a visão e as atividades cerebrais.

3. Todos os peixes são fontes de ômega 3

Mito. Nem todos os peixes apresentam o nutriente. Os que possuem maior concentração dessa gordura são aqueles de águas frias e profundas, como é o caso do arenque, salmão, cavalinha e sardinha. 

Outro fator que influencia a concentração dessa gordura é a criação: peixes selvagens são mais ricos em ômega 3 do que os criados em cativeiro. 

4. Está presente apenas em alimentos de origem animal

Mito. Engana quem pensa que o ômega 3 está presente apenas nos peixes. Há alimentos de origem vegetal ricos no nutriente e vale a pena conhecê-los. São eles: 

  • linhaça;
  • nozes;
  • amêndoas;
  • vegetais verdes;
  • leguminosas;
  • algas;
  • cereais. 

Como você pode notar, quem não consome nenhum tipo de alimento de origem animal pode se beneficiar do ômega 3 introduzindo os ingredientes acima nas receitas. 

5. Faz bem para o coração

Verdade. O ômega 3 favorece a saúde cardiovascular, prevenindo doenças do coração. Ele possui uma espécie de estabilizador que diminui a frequência cardíaca em pessoas com batimentos anormais. 

Este ácido graxo estabiliza o nível de triglicerídeos, regula a pressão e o colesterol, evita a aterosclerose e o risco de derrame e previne o infarto. Todos os problemas são associados à saúde cardiovascular.

Como você pode notar, nem tudo que dizem por aí sobre o ômega 3 é verdade. Alguns mitos circulam na internet e é preciso atenção para identificá-los. O importante é saber que ele é importante para a manutenção da saúde e deve fazer parte da alimentação.

E então, sanou suas dúvidas sobre o ômega 3? Tem alguma receita com os alimentos ricos no nutriente? Deixe um comentário no post e compartilhe conosco! 

Sobre Blog Farmácia Benetton

Desenvolvido especialmente para atender dúvidas e dar dicas quanto à linha de medicamentos do setor magistral, produtos cosméticos, fitoterápicos, homeopatia, suplementos, nutracêuticos e muito mais!
Com o objetivo de transformar problemas em soluções, por meio de um relacionamento adequado, e provendo a satisfação que extrapola a função meramente comercial de venda de medicamentos para a nobre função de prestar um serviço de excelência nasce com alegria o blog Farmácia Benetton.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *